Bem vindo ao All Hockey Brasil / All Habs Brasil

Habs Aposenta Número de Lapointe e Vence Wild

By on novembro 9, 2014 in Game review with 0 Comments
Cerimônia de aposentadoria do número de Guy Lapointe antes da partida contra o Minnesota Wild. (Foto por Francois Lacasse/NHLI via Getty Images)

Cerimônia de aposentadoria do número de Guy Lapointe antes da partida contra o Minnesota Wild. (Foto por Francois Lacasse/NHLI via Getty Images)

Vitória, BR – Depois dos últimos jogos do Montreal Canadiens, a verdade é que ninguém estava esperando muito deles, mas eles conseguiram surpreender. A partida contra o Minnesota Wild mostrou aquele time que havia desaparecido, apesar do primeiro período fraco. O placar terminou de 4 – 1.

Hoje foi o dia em que o Canadiens aposentou o número de Guy Lapointe. O número cinco agora estará para sempre pendurado no alto do Centre Bell, entre Larry Robinson e Serge Savard, que eram considerados o Big Three.

Brendan Gallagher abriu o placar, marcando o seu quarto gol da temporada.

A partida foi empatada por Jason Pominville, depois de uma péssima jogada de Andrei Markov, que praticamente deu o disco para o jogador do time adversário.

Lars Eller apareceu e colocou o Habs na liderança, marcando o seu gol, com assistência de Brandon Prust e Jiri Sekac.

No terceiro período, Sekac marcou o terceiro gol do Habs, mas os juízes levaram para revisão porque Darcy Kuemper,  goleiro de Minnesota, estava caído no gelo e parecia que Prust havia o derrubado. No vídeo era possível ver que um jogador do Wild empurrou Prust e por isso ele caiu em cima de Kuemper. Sendo assim, o gol foi válido, com assistência de Eller e Prust.

Max Pacioretty marcou o quarto gol do Canadiens. Este foi o seu sexto da temporada. Ele contou com assistências de P.A. Parenteau e David Desharnais.

A próxima partida do Montreal Canadiens será no dia 11 de novembro, terça-feiras, às 22:30 (horário de Brasília) contra o Winnipeg Jets.

 

Tags: , , , , , , , , , , , ,

About the Author

About the Author:

Rovena é brasileira e carrega Montréal e o Canadiens no coração desde os nove anos. Abriu mão do seu sono para acompanhar todos os jogos ao vivo. Não vê a hora de voltar e finalmente assistir a um jogo no Centre Bell. Ainda hoje confunde as línguas.

.

Subscribe

If you enjoyed this article, subscribe now to receive more just like it.

Post a Comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

 

Top