Bem vindo ao All Hockey Brasil / All Habs Brasil

Carey Price Consegue Nono Shutout; Habs Vence Sharks

By on março 21, 2015 in Game review with 0 Comments
Carey Price faz uma defesa contra Logan Couture. (Foto por Francois Lacasse/NHLI via Getty Images)

Carey Price faz uma defesa contra Logan Couture. (Foto por Francois Lacasse/NHLI via Getty Images)

Vitória, BR – O Montreal Canadiens conseguiu uma bela vitória contra o San Jose Sharks na noite de sábado. O time jogou bem e mostrou que consegue ter resultados positivos. O Habs saiu vitorioso com um placar de 2 – 0 e um shutout para o seu goleiro.

O alinhamento inicial do Canadiens foi: Tomas Plekanec, Max Pacioretty, Brendan Gallagher, Andrei Markov, P.K. Subban e o goleiro Carey Price.

Com mais ou menos seis minutos de jogo, Manny Malhotra foi para o vestiário, mas voltou antes do final do tempo.

Justin Braun e Gallagher foram punidos na metade do primeiro período. Os times jogaram por dois minutos quatro contra quatro.

Depois do Habs ficar quatro anos sem marcar contra o time de San Jose, Plekanec fez o primeiro gol da sua equipe e contou com um belo passe de Alex Galchenyuk, que conseguiu seu 100º ponto na carreira.

O período terminou com 13 tiros ao gol do Canadiens contra oito do Sharks. Já no segundo tempo, esses números eram de 12 contra 10 para o Habs.

No terceiro período o time de Montréal teve uma queda de rendimento no jogo, mas mesmo assim estava continuava difícil para o time adversário.

O Sharks tirou seu goleiro do gol para colocar mais um jogador no gelo. Gallagher aproveitou e marcou o segundo gol do Habs.

Price conseguiu seu nono shutout da temporada e 40ª vitória. Mais duas vitórias e ele alcança o recorde da equipe. Além disso, já tem sete jogos seguidos que ele não leva gol.

O próximo jogo do Montreal Canadiens será no dia 24 de março, quarta-feira, contra o Nashville Predators às 21 horas.

 

 

Tags: , , , , , , , , , ,

About the Author

About the Author:

Rovena é brasileira e carrega Montréal e o Canadiens no coração desde os nove anos. Abriu mão do seu sono para acompanhar todos os jogos ao vivo. Não vê a hora de voltar e finalmente assistir a um jogo no Centre Bell. Ainda hoje confunde as línguas.

.

Subscribe

If you enjoyed this article, subscribe now to receive more just like it.

Post a Comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

 

Top