Bem vindo ao All Hockey Brasil / All Habs Brasil

As Regras do Hockey – Parte II – Os Penalties

By on abril 27, 2015 in Game of Hockey, Rules with 0 Comments

Campinas, BR – Salve, torcedor bleu, blanc & rouge!

Continuando a nossa série de textos explicando as regras básicas do jogo, para torná-lo mais atinado aos leigos, de forma que, por entenderem o esporte, passem a curtí-lo (como aconteceu com a maioria de nós do All Habs BR). Muitas vezes, ao  assistir um jogo de hockey, você vai se deparar com uma aba abaixo do nome de um dos times no placar da TV escrito powerplay, PP, ou até Sup. Numérique (se estiver assistindo em francês) ao lado de um cronômetro decrescente, e provavelmente vai se questionar sobre o que se trata.

Habs jogando no powerplay.

Habs jogando no powerplay.

Esse recurso gráfico indica que o time marcado está em vantagem numérica no gelo, pode ser de 5-4, 5-3, ou 4-3. Agora, como isso acontece, e qual a importância disso no jogo?

Para um time entrar em powerplay, é necessário que o adversário tenha cometido uma falta, que não é punida com tiro livre direto ou indireto como no futebol, e sim com a expulsão temporária do infrator (desde que não seja o goleiro); Existem 3 tipos de punições que podem ser aplicadas aos jogadores, dependendo da gravidade da falta:

Minor (2 minutos) – Para faltas simples do jogo, são as que acontecem com maior frequência. Pode ser interrompido caso o time em vantagem marque um gol.

Double-Minor (4 minutos) – Para quando o jogador comete 2 faltas, ou uma falta de maior gravidade. Apenas o período de 2 minutos corrente é interromipdo se marcado um gol pelo time em vantagem (se for marcado um gol faltando 2:40, continua o powerplay à partir de 2:00).

Major (5 minutos e expulsão em alguns casos) – Para brigas (sim, é permitido brigar, mas não sai de graça), atitudes anti-desportivas, desrespeito ao árbitro ou adversário, entre outras. Não é interrompida por go. Muitas vezes, quando o infrator é expulso, outro jogador vai para a penalty-box, cumpre os 5 minutos, e depois retorna ao gelo. Em caso de briga, caso seja como permitido nas regras (em breve texto sobre isso), os dois jogadores vão para penalty-box (separadas, obviamente), e entra qualquer jogador para substituí-los, mantendo o jogo em 5 contra 5.

A importância de ter um PIM (total de minutos de penalty no jogo) menor que o adversário é crucial para ganhar jogos, bem como de ter um aproveitamento decente das suas oportunidades, e defender bem quando em desvantagem. Para ficar mais claro, vamos ao exemplo da última temporada da NHL:

Do total de 6719 gols que foram marcados na temporada regular, 1403 foram marcados em situação de powerplay, ou seja, aproximadamente 20% dos gols no hockey saem nessas ocasiões, times que têm bom aproveitamento de seus powerplays geralmente estão no topo da liga (o Montreal Canadiens nessa temporada são a exceção que confirma a regra, 24º em PPG (gols no powerplay), e segundo lugar na liga, mas isso se deve unicamente ao brilhantismo de Carey Price).

Para entender melhor quais são as penalidades, e como são marcadas durante os jogos, aí vai a tabela das principais faltas do jogo:

Butt Ending : Bater no oponente com a parte superior do taco – Minor se acidental, double minor se acidental mas muito forte, Major se interpretada como agressão intencional.

Checking from Behind : Trombar com o adversário que esteja de costas para o infrator, e desavisado, sem chance de se defender ou se preparar para o contato.  – Major

Cross Checking – Trombar com o adversário segurando o taco com as duas mãos. – Minor, ou double minor se muito violento.

Delay of Game – Jogar intencionalmente o disco para fora do gelo, segurá-lo na mão, ou atrapalhar o andamento do jogo. – Minor

Elbowing – Dar um cotovelada no adversário – Minor, pode ser Major se interpretada como agressão.

Fighting – Brigar conforme permitido na regra – Major para ambos, mantém-se 5 contra 5 no gelo.

Hooking – Usar o taco como gancho para obstruir a passagem do adversário – Minor

Interference – Impedir a movimentação de um jogador sem o disco usando o corpo, também aplicada se impedir algum jogador de recolher equipamento caído, sair ou entrar no banco de reservas, estando no banco, interferir no jogo (pegando o disco, obstruindo algum jogador, etc…), ou deliberadamente derrubar o taco ou qualquer parte do equipamento do adversário – Minor

Kneeing – Dar uma joelhada no adversário – Minor

Roughing – Quando há um princípio de briga, uma conduta bruta fora de jogo que não chegue a ser uma briga ou agressão, depende da interpretação do árbitro – Minor ou Double minor

Slashing – A penalidade mais chata do hockey, quando o jogador bate com o taco no adversário durante o jogo, ou perde o controle de seu taco e esse atinge algum rival. – Minor, podendo ser até Major se interpretado como agressão.

Spearing – “Esfaquear” o adversário com a parte de baixo do taco, ou apenas a tentativa – Minor, podendo ser Major se interpretada como agressão.

Too many man on ice – Estar com 7 homens no gelo ao mesmo tempo – Minor

Tripping – Usar o taco, ou qualquer parte do corpo para calçar ou tropeçar um adversário – Minor, se acontecer em situação clara de gol, é dado um “penalty shot” , que é uma corrida livre do meio do gelo, tendo apenas o goleiro na sua frente (assim como no shootout).

Existem outras penalidades na regra, mas muitas delas nem são mais consideradas por descreverem conduta muito semelhante à de outras penalidades, ou por simplesmente não acontecerem em jogos com pessoas normais (por exemplo entrar com objetos alheios ao jogo no gelo).

O máximo de jogadores que um time pode ter no cantinho do pensamento (penalty box) é 2, podendo acontecer powerplays de 5-3, ou 4-3.

Juíz marcando falta.

Juíz marcando falta.

Espero que esteja claro como várias condutas são proibidas pela regra para preservar a integridade física dos atletas, e não deixar que o esporte se torne uma carnificina.

Se tiverem curiosidade sobre uma regra em especial, podem falar nos comentários que eu faço um texto explicando!

#GoHabsGo

Tags: , , , , , , ,

About the Author

About the Author: .

Subscribe

If you enjoyed this article, subscribe now to receive more just like it.

Post a Comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

 

Top
Skip to toolbar